biologia enem 2018

Reprodução Humana.

Ao vivo, Aula sobre reprodução humana.
Prof. Deison Mendonça.

Nesta videoaula de biologia, você estudará sobre reprodução humana. Conheça os principais aspectos do sistema reprodutivo do sexo masculino.

Download Material

[kkstarratings]
 

deison-11-10-site

Dengue, Chikungunya e Zika: Viroses atuais.

Dengue, Chikungunya e Zika: Viroses atuais.

Video aula Biologia: Nesta aula, você aprenderá sore vírus e viroses, seus principais transmissores, sintomas e formas de prevenção.

Download Material

deison-13-09-site

Ao vivo – Células Tronco e Clonagem

Prof. Deison Mendonça em mais um aulão de chutar o pau da barraca do ENEM. É uma ótima oportunidade de você revisar conceitos sobre células tronco e clonagem e aproveitar para colocar os estudos em dias…

Download do material PPT | PDF

[kkstarratings]
Link youtube: https://www.youtube.com/watch?v=D20vZ76PS8Y

Gostou da iniciativa? então se inscreva no canal no youtube e curta nossa página no fb.

Até Mais.

deison27-09-site

Resolução Biologia #06

[kkstarratings]

Os ratos Peromyscus polionotus encontram-se distribuídos em ampla região na América do Norte. A pelagem de ratos dessa espécie varia do marrom claro até o escuro, sendo que os ratos de uma mesma população têm coloração muito semelhante. Em geral, a coloração da pelagem também é muito parecida à cor do solo da região em que se encontram, que também apresenta a mesma variação de cor, distribuída ao longo de um gradiente sul-norte. Na figura, encontram-se representadas sete diferentes populações de P. polionotus. Cada população é representada pela pelagem do rato, por uma amostra de solo e por sua posição geográfica no mapa.

O mecanismo evolutivo envolvido na associação entre cores de pelagem e de substrato é:

A – a alimentação, pois pigmentos de terra são absorvidos e alteram a cor da pelagem dos roedores.
B – o fluxo gênico entre as diferentes populações, que mantém constante a grande diversidade interpopulacional.
C – a seleção natural, que, nesse caso, poderia ser entendida como a sobrevivência diferenciada de indivíduos com características distintas.
D – a mutação genética, que, em certos ambientes, como os de solo mais escuro, têm maior ocorrência e capacidade de alterar significativamente a cor da pelagem dos animais.
E – a herança de caracteres adquiridos, capacidade de organismos se adaptarem a diferentes ambientes e transmitirem suas características genéticas aos descendentes.

Resolução Biologia #06, evolução.

Resolução Biologia #05

Biologia, Resolução de exercícios #5 – Dicas para o ENEM.


[kkstarratings]
Para mais vídeos acesse. https://www.noenem.com.br

(Enem-2010) Segundo Jeffrey M. Smith, pesquisador de um laboratório que faz análises de organismos geneticamente modificados, após a introdução da soja transgênica no Reino Unido, aumentando em 50% no caso de alergias. “O gene que é colocado na soja cria uma proteína nova que até então não existia na alimentação humana, a qual podia ser potencialmente alérgica”, explica o pesquisador.

Correio do Estado/MS, 19 de Abr. 2004 (Adaptado)

Considerando-se as informações do texto, os grãos transgênicos podem causar alergias aos indivíduos que irão consumi-los são aqueles que apresentam, em sua composição, proteínas

  1. A) que podem ser reconhecidas com antigênicas pelo sistema imunológico desses consumidores.
    B) que não são reconhecidas pelos anticorpos produzidos pelo sistema imunológico desses consumidores.
    C) com estrutura primária idêntica às já encontradas no sistema sanguíneo desses consumidores.
    D) com sequência de aminoácidos idêntica às produzidas pelas células brancas do sistema sanguíneo desses consumidores.
    E) com estrutura quaternária idêntica à dos anticorpos produzidos pelo sistema imunológico desses consumidores.

 

Aulão Biologia.

Ao vivo – Aulão Biologia

Prof. Deison Mendonça em mais um aulão de chutar o pau da barraca do ENEM. Resoluções de exercícios de biologia comentados. É uma ótima oportunidade de você resvisar conceitos e colocar os estudos em dias…

É hoje, quarta, às 20h.

Link para download do material

[kkstarratings]
Link da aula no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=ijL55TfppH4

Gostou da iniciativa? então se inscreva no canal no youtube e curta nossa página no fb.

Até Mais.

www.noenem.com.br

deison-13-09-site

 

Resolução Biologia #02

Biologia, Resolução de exercícios #2 – Dicas para o ENEM

[kkstarratings]
A Baixada de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, apresenta a mais
elevada taxa de crescimento populacional do município e,
dentre os seus problemas ambientais, destaca-se o lançamento
de esgotos in natura no seu sistema lagunar. Como
conseqüência direta, estas lagunas passam a apresentar:

(A) aumento das condições aeróbicas do lodo do fundo e
redução da fotossíntese global.

(B) aumento da biomassa de consumidores secundários e
redução dos organismos autotróficos.

(C) redução do assoreamento provocado pela carga de
nutrientes oriundos dos esgotos.

(D) aumento da diversidade de algas, de gastrópodes e
dos peixes herbívoros.

(E) eutrofização, o que gera alta produtividade primária
e grande biomassa de algas.

 

deison-02-site

Resolução Biologia #01

Biologia, Resolução de exercícios #1 – Dicas para o ENEM

Tema: Sucessão ecológica

[kkstarratings]

A ilustração a seguir representa os estágios de recuperação vegetal de uma área submetida à extração de areia pelo método de cava, situado num terreno na várzea do Rio Paraíba do Sul. 

Os algarismos romanos representam os estágios de sucessão ecológica no local. Pode-se considerar, como afirmativa correta:
a) No estágio I, a biomassa, a diversidade de espécies, o aproveitamento de energia e a estabilidade são superiores aos estágios II e III.
b) Nos estágios II e III, a energia que entra na comunidade é apenas parcialmente aproveitada, a produção de biomassa e a estabilidade da comunidade são inferiores ao estágio I.
c) O estágio II, por apresentar uma maior diversidade de espécies, ser mais eficiente energeticamente e ter uma constância na produção de biomassa, é denominado de comunidade clímax.
d) No estágio III, a produção de biomassa, a diversidade de espécies, o aproveitamento de energia das comunidades são superiores aos estágios I e II.
e) Nos estágios I e II, a biomassa, a estabilidade, a diversidade de espécies e o aproveitamento de energia que entra nessas comunidades, são superiores ao estágio III.