ENEM 2021

ENEM digital?

No dia 03 de julho de 2019, o senhor ministro da educação Abraham Weintraub anunciou que o ENEM de 2020 terá um piloto de uma versão digital. Os principais pontos dessa nova versão você pode ver logo abaixo.

Principais Mudanças ENEM – ENEM Digital 2020.

Prova na versão digital será via computador (Você deverá ir a um local de aplicação).

Tem por objetivo Sair do mundo analógico e passar para o mundo digital na questão de aplicação da prova.

O ENEM digital, em 2020, já valerá para a classificação. (Não foi informado a natureza desta classificação, não se sabe se valerá para o SISU, PROUNI)

Em 2019 já começam os preparativos  para a aplicação da nova versão do ENEM de 2020.

Prova ENEM digital: 11 e 18 de outubro de 2020.

Prova ENEM regular: 1 e 8 de novembro de 2020.

Prova de reaplicação em dezembro.

Em 2021 haverá duas aplicações digitais.

Em 2026 a prova regular será extinta.

Prova digital, poderá usar vídeos, infográficos, áudios enfim.

Prova adaptativa. (Poderá ter menos questões, pois na versão digital será possível avaliar o aluno com menos questões.)

É focada na reforma do ensino médio.

Para realizar a prova deverá ser feito um agendamento.

No decorrer do ano o local de aplicação da prova será mudado. Essa mudança visa aumentar a quantidade de municípios de aplicação.

Com as mudanças na base curricular do ensino médio, haverá maior chance de erro para provas impressas, pois  o exame levará em conta a formação do aluno.

Começa em 2020 com 50 mil inscritos em 15 cidades.

Múltiplas provas ao ano.

A redação será digitada. O Candidato já sairá com a prova corrigida, mas a redação levará um tempo para ser analisada.

Onde será feita a prova? Em locais com estrutura disponível (Não somente em universidades ou escolas). Ex: Laboratórios de informática , etc. O MEC não comprará computadores para a aplicação.

Motivos:

Atualização do modo de realização da prova. Outros países como EUA, já fazem a prova de maneira eletrônica.

Redução de custos (150 mil salas de aplicação).

Diminuir a logística aplicada ao ENEM. Tanto na parte da entrega como no recolhimento dos exames.

Diminuir a abstenção que hoje é de 25%.

Para tirar todas as dúvidas, sugerimos o vídeo abaixo.

Resolução Questão 178 – Matemática

 

Para ver uma tabela com todas as questões comentadas do segundo dia do enem 2016 acesse o link.: https://goo.gl/zw4n5E

Em regiões agrícolas, é comum a presença de silos para armazenamento e secagem de produção de grãos, no formato de um cilindro reto, sobreposto por um cone, e dimensões indicadas na figura. O silo fica cheio e o transporte dos grãos é feito em caminhões de carga cuja capacidade é de 20 m³. Uma região possui um silo cheio e apenas um caminhão para transportar os grãos para a usina de beneficiamento.

Utilize 3 como aproximação para π.
O número mínimo de viagens que o caminhão precisará para transportar todo o volume de grãos armazenados no silo é

a) 6

b) 16

c) 17

d) 18

e) 21

Resolução Questão 134 – Linguagens

Para ver uma tabela com todas as questões comentadas do segundo dia do enem 2016 acesse o link.: https://goo.gl/zw4n5E

Questão 134, ENEM 2016 – Resolução e Gabarito: Português

TEXTO I

Nesta época do ano, em que comprar compulsivamente é a principal preocupação de boa parte da população, é imprescindível refletirmos sobre a importância da mídia na propagação de determinados comportamentos que induzem ao consumismo exacerbado. No clássico livro O capital, Karl Marx aponta que no capitalismo os bens materiais, ao serem fetichizados, passam a assumir qualidades que vão além da mera materialidade. As coisas são personificadas e as pessoas são coisificadas. Em outros termos, um automóvel de luxo, uma mansão em um bairro nobre ou a ostentação de objetos de determinadas marcas famosas são alguns dos fatores que conferem maior valorização e visibilidade social a um indivíduo.
LADEIRA, F. F. Reflexões sobre o consumismo. Disponível em: http://observatoriodaimprensa.com.br. Acesso em: 18 jan. 2015.

TEXTO II

Todos os dias, em algum nível, o consumo atinge nossa vida, modifica nossas relações, gera e rege sentimentos, engendra fantasias, aciona comportamentos, faz sofrer, faz gozar. Às vezes constrangendo-nos em nossas ações no mundo, humilhando e aprisionando, às vezes ampliando nossa imaginação e nossa capacidade de desejar, consumimos e somos consumidos. Numa época toda codificada como a nossa, o código da alma (o código do ser) virou código do consumidor! Fascínio pelo consumo, fascínio do consumo. Felicidade, luxo, bem- estar, boa forma, lazer, elevação espiritual, saúde, turismo, sexo, família e corpo são hoje reféns da engrenagem do consumo.
BARCELLOS, G. A alma do consumo. Disponível em: www.diplomatique.org.br. Acesso em: 18 jan. 2015.

Esses textos propõem uma reflexão crítica sobre o consumismo. Ambos partem do ponto de vista de que esse hábito
a) desperta o desejo de ascensão social.

b) provoca mudanças nos valores sociais.

c) advém de necessidades suscitadas pela publicidade.

d) deriva da inerente busca por felicidade pelo ser humano.

e) resulta de um apelo do mercado em determinadas datas.

Resolução Questão 110 – Linguagens

Para ver uma tabela com todas as questões comentadas do segundo dia do enem 2016 acesse o link.: https://goo.gl/zw4n5E

Questão 110 , ENEM 2016 – Resolução e Gabarito: Português

Prova amaerela: 123
prova azul: 126
prova cinza: 117

Espetáculo Romeu e Julieta, Grupo Galpão.

GUTO MUNIZ. Disponível em: www.focoincena.com.br. Acesso em: 30 maio 2016.

A principal razão pela qual se infere que o espetáculo retratado na fotografia é uma manifestação do teatro de rua é o fato de

a) dispensar o edifício teatral para a sua realização.

b) utilizar figurinos com adereços cômicos.

c) empregar elementos circenses na atuação.

d) excluir o uso de cenário na ambientação.

e) negar o uso de iluminação artificial.