INEP

Gestores do INEP recomendam o uso de questões já aplicadas

Qual a sua reação?
Essa foi fácil
Essa foi fácil
0
Mais um ponto
Mais um ponto
0
Consegui acertar
Consegui acertar
0
Rindo de nervorso
Rindo de nervorso
0
Tenho que estudar
Tenho que estudar
0
Quase desistindo
Quase desistindo
0

Gestores do INEP recomendam o uso de questões já aplicadas no ENEM

Gestores do INEP recomendam o uso de questões já aplicadas no ENEM em edições anteriores. Segundo reportagem do G1, um grupo de diretores do INEP emitiu um documento afirmando que a quantidade de itens testados e adequados, disponíveis no Banco Nacional de Itens (BNI) não será suficiente para a realização do exame em 2022.

“Buscando garantir a segurança e a aplicação das edições de 2022 e 2023, e ao mesmo tempo garantir as condições para a implantação do novo Enem 2024, sugerimos que o edital da edição de 2022 traga a possibilidade de utilização de itens já aplicados com a seguinte redação: “A edição 2022 do Enem poderá utilizar itens inéditos e itens já utilizados em edições anteriores”.

Documento assinado por coordenadores e diretores do Inep.

Uma informação importante é que esse problema também refletirá na prova de 2023. No ENEM de 2024, o modelo de prova já prevê a reutilização de itens já aplicados.

Vale ressaltar que o documento que foi emitido é apenas uma recomendação para o ENEM 2022. Ainda não há nada definido sobre o uso de questões já aplicadas no ENEM em edições anteriores.