sisu 2020

Resolução Questão 110 – Linguagens

Para ver uma tabela com todas as questões comentadas do segundo dia do enem 2016 acesse o link.: https://goo.gl/zw4n5E

Questão 110 , ENEM 2016 – Resolução e Gabarito: Português

Prova amaerela: 123
prova azul: 126
prova cinza: 117

Espetáculo Romeu e Julieta, Grupo Galpão.

GUTO MUNIZ. Disponível em: www.focoincena.com.br. Acesso em: 30 maio 2016.

A principal razão pela qual se infere que o espetáculo retratado na fotografia é uma manifestação do teatro de rua é o fato de

a) dispensar o edifício teatral para a sua realização.

b) utilizar figurinos com adereços cômicos.

c) empregar elementos circenses na atuação.

d) excluir o uso de cenário na ambientação.

e) negar o uso de iluminação artificial.

Resolução de História #15

Resolução de História #15

Enem 2013 prova 1° dia – Questão 16 comentada



-Haverá ainda quem resista a’
poderosa influencia do partido Mulherista.?!
PEDERNEIRAS, R. Revista da Semana, ano 35, n. 40, 15 set. 1934. In: LEMOS, R.
(Org.). Uma história do Brasil através das caricaturas (1840–2001).
Rio de Janeiro. Bom Texto, Letras e Expressões, 2001.

Na imagem, da década de 1930, há uma crítica à conquista
de um direito pelas mulheres, relacionado com a
a) redivisão do trabalho doméstico.
b) liberdade de orientação sexual.
c) garantia da equiparação salarial.
d) aprovação do direito ao divórcio.
e) obtenção da participação eleitoral.

Resolução de exercícios #4

No ENEM 2016 – História, Resolução de exercícios #4 – Rener França.

Quanto ao “choque de civilizações”, é bom lembrar a carta de uma menina americana de sete anos cujo pai era piloto na Guerra do Afeganistão: ela escreveu que — embora amasse muito seu pai — estava pronta a deixá-lo morrer, a sacrificá-lo por seu país. Quando o presidente Bush citou suas palavras, elas foram entendidas como manifestação “normal” de patriotismo americano; vamos conduzir uma experiência mental simples e imaginar uma menina árabe maometana pateticamente lendo para as câmeras as mesmas palavras a respeito do pai que lutava pelo Talibã — não é necessário pensar muito sobre qual teria sido a nossa reação.

ZIZEK, S. Bem-vindo ao deserto do real. São Paulo: Bom Tempo, 2003.

  1. prática da diplomacia.
  2. conquista da autodeterminação.
  3. expansão da democracia.
  4. universalização do progresso.
  5. exercício da alteridade.